sexta-feira, 9 de abril de 2010

Amor e Perseguição por Martha Medeiros

As pessoas ficam procurando o amor como slocução para todos os seus problemas quando, na realidade, o amor é recompensa por você ter resolvido os seus problemas. Copiem. Decorem. Aprendam.

Temos a mania de achar que o amor é algo que se busca. Buscamos o amor nos bares, buscamos o amor na internet, buscamos o amor na parada do ônibus.

Como num jogo de esconde-esconde [...] Ele certamente está por ali, você quase pode sentir o seu cheiro, precisa apenas descobri-lo e agarrá-lo o mais rápido possível, pois só o amor constrói, só o amor salva, só o amor traz felicidade.

Há pessoas que acreditam que amor é medicamento. Pelo contrário. Se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproxima, e, caso o faça, vai frustar sua expectativa, porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza, ele não suporta a idéia de ser ingerido de quatro em quatro horas, como um antibiótico para combater as bactérias da solidão e da falta de auto-estima. Você já ouviu milhões de vezes alguém dizer: "Qaundo eu menos esperava, quando eu havia desistido de procurar, o amor apareceu". Claro, o amor não é bobo, quer ser bem tratado, pr isso escolhe as pessoas que antes de tudo, tratam bem de si mesmas.

O amor, ao contrário do que se pensa, não tem que vir antes de tudo. [...] Ele não é garantia de que, a partir de seu surgimento, tudo o mais dará certo. [...] o amor espera primeiro você ser feliz para só então surgir, sem máscara, sem fantasia. É esta a condição. ë pegar ou largar.

Para quem acha que isso é chantagem, arrisco-me a sair em defesa do amor: ser feliz é uma exigência razoável, e não é tarefa tão complicada. Felizes são aqueles que aprendem a administrar seus conflitos, que aceitam suas oscilações de humor, que dão o melhor de si e não se castigam oir causa de erros que cometem. Felicidade é serenidade. [...] O amor é prêmio para quem relaxa.

[...]

Aprendi. Decorei. Estou serena como um Buda. Agora venha.

3 comentários:

Carlos Augusto Matos disse...

Oieee, legal seu blog, sou paraense tbm e convido vc a participar do meu cantinho... Tô com um projeto de criar um blog totalmente paraense, com sete membros, um para cada dia da semana, e montar um blog sobre a nossa vida nesta terra linda chamada Pará... Se tiver interessada, deixe seu e-mail, ou msn, no meu blog:

http://visaopoetica84.blogspot.com/

Obrigado...
Espero contar com vc...

Carlos Augusto Matos disse...

Quanto mais se procurar o amor em tudo que tem pernas, mais ele vai demorar a chegar, pq o amor não diz a hora que chega... Chega de surpresa...

Bjuxxxx

Xarlinha disse...

hum, hum, tô vendo que tem até conquista nesse tar de Blog, rsrsrs, adorei o texto ami...cheiro..amo vc